Regulagem de colhedora

Regulagem de colhedora


Simples APP para ajudar na Calibração da velocidade do molinete em colhedora, foi usada a metodologia de 20 segundos da Embrapa e cálculo baseado no índice do molinete.

MOLINETE
A função do molinete é conduzir as plantas contra a barra de corte e, logo após o corte, conduzi-Ias para o caracol de alimentação. O molinete deve mover a cultura com suavidade e uniformidade, evitando batidas ou atritos excessivos que possam causar debulha de espigas. As regulagens de um molinete são as seguintes:

POSIÇÃO DO MOLINETE
Horizontal: para um padrão de lavoura normal, o eixo do molinete deve ficar deslocado cerca de 15 a 20 cm à frente da barra de corte, conforme mostra a Figura 1. Quando as plantas são muito altas, adianta- se o molinete. Por outro lado, quando a lavoura apresenta plantas muito baixas, o molinete é retraído para perto do sem-fim de alimentação, conforme mostra a Figura 2. Vertical:em lavouras de condição normal, a ponta do dente do molinete deve ser ajustadana cultura cerca de 5cm abaixoda vagem mais baixa, conforme mostra a Figura 3. Quando houver plantas acamadas, o molinete deve ser deslocado bem para a frente da barra de corte, cuidando-se para que a colheita seja efetuada sempre na direção da inclinação.

Velocidade de rotação

Recebem parte da planta e as vagens, dando início à operação de trilha. A velocidade de rotação do cilindro e a abertura do côncavo é que vão determinar a maior ou menor ação de trilha. Assim, quanto maior for a velocidade do cilindro, menor deve ser a distância entre o cilindro e o côncavo. Nessa safra, monitorar a qualidade do grão que está indo para o tanque graneleiro é palavra de ordem. Regulando corretamente a abertura do côncavo e a rotação do cilindro, menores são as chances de ocorrerem perdas por dano mecânico no grãode soja.Lembrar que a parte da frente da abertura entre o cilindro e o côncavo deve ser mais ou menos cinco milímetros maior que a parte de trás. É fundamental também observar o paralelismo entre o cilindro e o côncavo.
REGULAGENS DO CILINDRO
Abertura entre cilindro e côncavo
A abertura entre o cilindro e o côncavo afeta a qualidade da ação trilhadora e a quantidade de grãos que é separada da palha pelo côncavo. A abertura entre o cilindro e o côncavo deve ser maior na entrada do que na saída. Isso porque o maior volume de material encontrase no começo da trilha. Essa concentração vai diminuindo à medida que os grãos vão caindo através do côncavo. A regulagem dessa abertura é efetuada de forma mecânica, elétrica ou hidráulica, dependendo do modelo de colhedora. Para que a trilha sejauniforme, é necessário que a abertura entre cilindro e côncavo sejaigualem ambos os extremos do cilindro, conforme mostra a figura 5. Quando a trilha é difícil, pode-se reduzir a abertura entre o côncavo e o cilindro, para tornar mais delgada a camada de palha, fazendo com que a maioria das vagens entrem em contato co~ o cilindro e haja melhor ação de trilha. A medida que se aumenta o espaçamento entre o cilindro e o côncavo, a trilha ocorre mais na parte traseira do côncavo e não há tempo para que os grãos sejam separados. Como resultado, estes caem sobre os saca-palhas, sobrecarregando- os.

Velocidade do cilindro
A velocidade do cilindro areta a qualidade de grãos trilhados e elevaa quantidade de grãos quebrados. Segundo as condições da lavoura, deve-se estabelecer a velocidade tangencial do cilindro, expressa em m/s, que é calculada da seguinte maneira: veloddode tongenciol do cilindro = (2? / 60)x roiodocilindro(m) = m/I. Conhecendo-se o diâmetro do cilindro, a rotação do cilindro pode ser calculada por: rpm do cilindro =Vt x 60/ 2? x Rc, onde: Vt =velocidade tangencial do cilindro; Rc =raio do cilindro.

Recent changes:
Versão Inicial
Sugestões enviem email para [email protected]
Add to list
Free
83
4.2
User ratings
13
Installs
1,000+
Concerns
0
File size
818 kb
Screenshots
Screenshot of Regulagem de colhedora Screenshot of Regulagem de colhedora Screenshot of Regulagem de colhedora Screenshot of Regulagem de colhedora Screenshot of Regulagem de colhedora Screenshot of Regulagem de colhedora

About Regulagem de colhedora
Simples APP para ajudar na Calibração da velocidade do molinete em colhedora, foi usada a metodologia de 20 segundos da Embrapa e cálculo baseado no índice do molinete.

MOLINETE
A função do molinete é conduzir as plantas contra a barra de corte e, logo após o corte, conduzi-Ias para o caracol de alimentação. O molinete deve mover a cultura com suavidade e uniformidade, evitando batidas ou atritos excessivos que possam causar debulha de espigas. As regulagens de um molinete são as seguintes:

POSIÇÃO DO MOLINETE
Horizontal: para um padrão de lavoura normal, o eixo do molinete deve ficar deslocado cerca de 15 a 20 cm à frente da barra de corte, conforme mostra a Figura 1. Quando as plantas são muito altas, adianta- se o molinete. Por outro lado, quando a lavoura apresenta plantas muito baixas, o molinete é retraído para perto do sem-fim de alimentação, conforme mostra a Figura 2. Vertical:em lavouras de condição normal, a ponta do dente do molinete deve ser ajustadana cultura cerca de 5cm abaixoda vagem mais baixa, conforme mostra a Figura 3. Quando houver plantas acamadas, o molinete deve ser deslocado bem para a frente da barra de corte, cuidando-se para que a colheita seja efetuada sempre na direção da inclinação.

Velocidade de rotação

Recebem parte da planta e as vagens, dando início à operação de trilha. A velocidade de rotação do cilindro e a abertura do côncavo é que vão determinar a maior ou menor ação de trilha. Assim, quanto maior for a velocidade do cilindro, menor deve ser a distância entre o cilindro e o côncavo. Nessa safra, monitorar a qualidade do grão que está indo para o tanque graneleiro é palavra de ordem. Regulando corretamente a abertura do côncavo e a rotação do cilindro, menores são as chances de ocorrerem perdas por dano mecânico no grãode soja.Lembrar que a parte da frente da abertura entre o cilindro e o côncavo deve ser mais ou menos cinco milímetros maior que a parte de trás. É fundamental também observar o paralelismo entre o cilindro e o côncavo.
REGULAGENS DO CILINDRO
Abertura entre cilindro e côncavo
A abertura entre o cilindro e o côncavo afeta a qualidade da ação trilhadora e a quantidade de grãos que é separada da palha pelo côncavo. A abertura entre o cilindro e o côncavo deve ser maior na entrada do que na saída. Isso porque o maior volume de material encontrase no começo da trilha. Essa concentração vai diminuindo à medida que os grãos vão caindo através do côncavo. A regulagem dessa abertura é efetuada de forma mecânica, elétrica ou hidráulica, dependendo do modelo de colhedora. Para que a trilha sejauniforme, é necessário que a abertura entre cilindro e côncavo sejaigualem ambos os extremos do cilindro, conforme mostra a figura 5. Quando a trilha é difícil, pode-se reduzir a abertura entre o côncavo e o cilindro, para tornar mais delgada a camada de palha, fazendo com que a maioria das vagens entrem em contato co~ o cilindro e haja melhor ação de trilha. A medida que se aumenta o espaçamento entre o cilindro e o côncavo, a trilha ocorre mais na parte traseira do côncavo e não há tempo para que os grãos sejam separados. Como resultado, estes caem sobre os saca-palhas, sobrecarregando- os.

Velocidade do cilindro
A velocidade do cilindro areta a qualidade de grãos trilhados e elevaa quantidade de grãos quebrados. Segundo as condições da lavoura, deve-se estabelecer a velocidade tangencial do cilindro, expressa em m/s, que é calculada da seguinte maneira: veloddode tongenciol do cilindro = (2? / 60)x roiodocilindro(m) = m/I. Conhecendo-se o diâmetro do cilindro, a rotação do cilindro pode ser calculada por: rpm do cilindro =Vt x 60/ 2? x Rc, onde: Vt =velocidade tangencial do cilindro; Rc =raio do cilindro.

Recent changes:
Versão Inicial
Sugestões enviem email para [email protected]

Visit Website
User reviews of Regulagem de colhedora
Write the first review for this app!
Android Market Comments
No comments in the Android market yet