Marie Claire Brasil

Marie Claire Brasil


*Atenção: Foram reportados casos em que, após a atualização, o aplicativo passou a apresentar problemas técnicos. Se isso acontecer com você, recomendamos que o app seja apagado e que seja feita uma reinstalação. Este processo não irá impactar nas edições já baixadas. Obrigado e boa leitura.



Não importa o bem que se faça. Basta um escorregão, uma atitude que naquele dia não agradou para que se fique marcado ou se mereça um bom castigo. É mais ou menos assim que os donos do tráfico mantêm o poder nos morros cariocas. E, claro, as mulheres não escapam. Não importa se foram companheiras por anos, se tiveram filhos deles, se acobertaram seus crimes. Se elas resolvem terminar a relação ou se houve alguma suspeita de traição, é o suficiente para serem punidas. E o ponto que tocam é a vaidade. Homens — e mulheres — espancam a "traidora" e raspam seus cabelos até ela ficar quase careca. É humilhante, dolorido. Torna-se um estigma. A editora Mariana Sanches foi até as favelas cariocas e conversou com essas mulheres. São relatos emocionantes de quem leva essa marca e, agora, tenta de alguma maneira se livrar dela.
Há marcas, entretanto, que não saem. Como a da ex-primeira-dama, Rosane Collor, que para sempre estará com a espada do impeachment sobre a cabeça, mesmo movendo uma ação contra o ex-marido, o atual senador Fernando Collor, para um aumento de pensão. O assunto foi para a TV, repercutiu nacionalmente e agora é aprofundado nas páginas de Marie Claire. Aqui, Rosane conta não só porque a pensão de R$ 18 mil é pouca, mas também como era a vida de rainha que levava, os detalhes da relação e da separação. Uma entrevista que vale a pena ler.

Mônica Serino
Diretora de Redação

"Se você é nosso assinante utilize seus dados cadastrais para ativar a assinatura"

Central de Atendimento ao Assinante: 4003-9393* (Capitais e Regiões Metropolitanas) ou 0XX (11) 3362-2000 (Demais Localidades). Horário de Atendimento: De segunda à sexta-feira, das 8 às 21:00 hs. Aos sábados, das 8 às 15 hs. * Serviço não disponível em todo Brasil, consulte sua operadora local para saber da disponibilidade do serviço na sua cidade. Não é necessário digitar o código DDD.
Renovação – 0800 011 2021
Add to list
Free
0
--
User ratings
0
Installs
1,000+
Concerns
0
File size
0 kb
Screenshots
Screenshot of Marie Claire Brasil Screenshot of Marie Claire Brasil Screenshot of Marie Claire Brasil Screenshot of Marie Claire Brasil Screenshot of Marie Claire Brasil

About Marie Claire Brasil
*Atenção: Foram reportados casos em que, após a atualização, o aplicativo passou a apresentar problemas técnicos. Se isso acontecer com você, recomendamos que o app seja apagado e que seja feita uma reinstalação. Este processo não irá impactar nas edições já baixadas. Obrigado e boa leitura.



Não importa o bem que se faça. Basta um escorregão, uma atitude que naquele dia não agradou para que se fique marcado ou se mereça um bom castigo. É mais ou menos assim que os donos do tráfico mantêm o poder nos morros cariocas. E, claro, as mulheres não escapam. Não importa se foram companheiras por anos, se tiveram filhos deles, se acobertaram seus crimes. Se elas resolvem terminar a relação ou se houve alguma suspeita de traição, é o suficiente para serem punidas. E o ponto que tocam é a vaidade. Homens — e mulheres — espancam a "traidora" e raspam seus cabelos até ela ficar quase careca. É humilhante, dolorido. Torna-se um estigma. A editora Mariana Sanches foi até as favelas cariocas e conversou com essas mulheres. São relatos emocionantes de quem leva essa marca e, agora, tenta de alguma maneira se livrar dela.
Há marcas, entretanto, que não saem. Como a da ex-primeira-dama, Rosane Collor, que para sempre estará com a espada do impeachment sobre a cabeça, mesmo movendo uma ação contra o ex-marido, o atual senador Fernando Collor, para um aumento de pensão. O assunto foi para a TV, repercutiu nacionalmente e agora é aprofundado nas páginas de Marie Claire. Aqui, Rosane conta não só porque a pensão de R$ 18 mil é pouca, mas também como era a vida de rainha que levava, os detalhes da relação e da separação. Uma entrevista que vale a pena ler.

Mônica Serino
Diretora de Redação

"Se você é nosso assinante utilize seus dados cadastrais para ativar a assinatura"

Central de Atendimento ao Assinante: 4003-9393* (Capitais e Regiões Metropolitanas) ou 0XX (11) 3362-2000 (Demais Localidades). Horário de Atendimento: De segunda à sexta-feira, das 8 às 21:00 hs. Aos sábados, das 8 às 15 hs. * Serviço não disponível em todo Brasil, consulte sua operadora local para saber da disponibilidade do serviço na sua cidade. Não é necessário digitar o código DDD.
Renovação – 0800 011 2021

Visit Website
User reviews of Marie Claire Brasil
Write the first review for this app!
Android Market Comments
No comments in the Android market yet